Na escala de revezamento 5×1, a cada 5 dias trabalhados o colaborador tem direito a uma folga. É um modelo de trabalho comum para empresas como as do ramo de telemarketing ou de porteiros, que funcionam de forma contínua.

Neste post, vamos esclarecer as dúvidas sobre este tipo de escola de trabalho.

Como funciona a Escala 5x1?

Nesse tipo de escala de trabalho, o colaborador trabalha 5 dias e folga 1, totalizando 6 dias de trabalho por semana. A jornada de trabalho diária não deve ultrapassar 7 horas e 20 minutos, para que o somatório semanal não vá além das 44 horas de trabalho semanais previstas pelo Artigo 7º da Constituição Federal.
No caso da escala 5x1, é comum que os funcionários trabalhem aos finais de semana e feriados, folgando durante a semana. Porém, é importante lembrar que, por determinação da Portaria 417/1966 do Ministério do Trabalho e Previdência Social, é necessário que o empregado folgue um domingo a cada três semanas de trabalho, no caso do setor de comércio, e um domingo a cada sete semanas, no caso da indústria.

Na indústria, o funcionário deve ter uma folga no domingo a cada sete semanas

Normalmente, as escalas de funcionários de 5×1 e 6×1 incluem períodos que vão das 06h às 14h; das 14h às 22h; e das 22h às 06h.

Como começar a usar a Escala 5x1?

Para começar a usar esta escala de trabalho, a empresa deve fazer, por meio de seu departamento jurídico, um acordo coletivo com a associação dos trabalhadores. As particularidades da jornada de trabalho devem ser previstas em uma Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) ou em um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). Após o acordo realizado, é preciso definir as escalas e encontrar a melhor forma de gestão para a jornada de trabalho.

É indicado que a empresa consulte um especialista para entender se a Escala 5x1 é a mais adequada para seu quadro de funcionários.

Principais dúvidas sobre a Escala 5x1

No caso de um funcionário que trabalha na escala 5×1 composta por dias normais e feriados, se o mesmo não comparecer em um feriado, pode ser considerado como falta, mesmo sendo feriado?

Pode-se descontar o dia faltado independente de ser feriado/domingo, desde que haja um escalonamento onde todos têm seus dias de folga. O fato de o feriado recair em dia de escala de trabalho não dá ao funcionário o direito de faltar. Lembrando que quem trabalha em feriados tem direito a hora extra com o adicional correspondente ou a compensação dessas horas com a concessão de outro dia de folga na mesma semana.

Vale a pena trabalhar na escala de trabalho 5×1? Você folga apenas na semana e trabalha nos sábados e domingos?

Na escala 5×1, a cada 5 dias trabalhados você folga 1, independente de sábados, domingos e feriados. Exemplo: você trabalha na segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira; sua folga será no sábado e no domingo começa tudo de novo, sendo sua próxima folga na sexta-feira e assim por diante.

No caso da escala de porteiros. Há necessidade de contratar folguista?

Para um bom funcionamento da portaria, é preciso pelo menos cinco funcionários, sendo um deles o chamado “folguista”. A contratação do folguista poderá ser bastante interessante, pois, com a sua presença, diminuem-se as horas extras pagas a outros empregados, que podem vir acrescidas do acúmulo de função, tornando a hora extra ainda mais onerosa.

Trabalho 8 horas por dia na escala 5×1. Estou trabalhando a mais?

Se sua escala é 5×1, a jornada diária de trabalho tem de ser de 7h20, segundo doutrina e jurisprudência. Se faz uma jornada diária de 8 horas, está trabalhando mais do que deveria. Numa escala rigorosamente 5×1, com 2 dias consecutivos de folga a cada 6 semanas, a jornada diária deveria ser de 7h33.

Como organizar as escalas 5x1


O PontoVit conta com um módulo de escalas de trabalho, pronto para auxiliar na sua gestão de jornadas de trabalho com ferramentas práticas e adequadas à CLT. Planejamento de horas trabalhadas, livre de erros humanos, faça um teste.